PROCESSO DE INTERNACIONALIZAÇÃO
A Hidro-Ibérica, empresa sediada em Salvaterra de Magos e que se dedica ao estudo e montagem de sistemas de rega, está a dar os primeiros passos em mercados internacionais, nomeadamente Angola e Marrocos. O Projeto de Internacionalização está a ser levado a cabo, com apoio da empresa de Consultoria Globness, cofinanciado pelo Programa Portugal 2020 e a União Europeia. Numa fase inicial foram desenvolvidos estudos de caracterização dos mercados Angolano e Marroquino, com recurso a informação gentilmente disponibilizada pelo AICEP.

A consultoria foi vocacionada, especificamente, para a prospeção de mercados e captação de novos Clientes. Para isso, foram já desenvolvidas diversas ações de marketing e comunicação, nomeadamente missões empresariais aos dois países, conceção de material de suporte à comunicação e participação em feiras por forma a divulgar os produtos e serviços prestados pela HI.
 
A estratégia utilizada consistiu numa abordagem de proximidade e contato direto com parceiros locais, o que permitiu conhecer melhor os mercados e identificar constrangimentos e dificuldades na penetração dos serviços e produtos comercializados. Nesse sentido, através das diversas apresentações institucionais da Hidro-Ibérica, das parcerias e protocolos estabelecidos e das visitas realizadas, foi possível concretizar alguns negócios importantes para a entrada no mercado angolano e marroquino.

A razão pela qual a Hidro-Ibérica optou por iniciar este Projeto de  Internacionalização em Angola e Marrocos deve-se ao facto de ambos os países serem economias abertas ao mundo, onde o sector agrícola está em franco crescimento. Existe uma política económica assente no atracão de investimento estrangeiro e uma forte presença de empresas portuguesas exportadoras.

Angola é, sem sombra de dúvida, o país que reúne oportunidades concretas de negócio. Para além do facto de as necessidades alimentares da população crescerem de dia para dia, o que impulsiona a agricultura de regadio neste país, existe também uma forte proximidade histórica e cultural entre Portugal e Angola, facilitando a realização de negócios entre as duas nações.

Assim sendo, a Hidro-Ibérica tem vindo a desenvolver três tipos de trabalhos em Angola:
01. O Fornecimento de Sistemas de Rega, nomeadamente Pivots (apenas equipamentos)
02. O Fornecimento e Instalação de Sistemas de Rega (Pivots)
03. Consultoria Agrícola para a área do regadio - definição de "Master Plan" para Fazendas e Projetos de Execução para Sistemas de Rega, tendo por base todo um cuidadoso e rigoroso dimensionamento Hidráulico.

No mercado marroquino foi estabelecida uma parceria com uma empresa local, sediada em Casa Blanca. Parceria essa que tem criado oportunidades de negócio, tendo por base a garantia de um serviço de qualidade a um preço competitivo. O maior enfoque reside no fornecimento de Pivots e Gota-a-Gota para Fruteiras.

Segundo Jorge Salgueiro, sócio gerente da Hidro Ibérica, “a empresa conta com uma enorme experiencia em soluções para a agricultura de regadio, o que garante ao Cliente um serviço de qualidade apoiado num acompanhamento profissional rigoroso”. A evolução da empresa em áreas como o Marketing e Comunicação tem sido uma das grandes apostas, nomeadamente, através de presenças em feiras, renovação do seu website, desenvolvimento de um novo logotipo, reforço da presença online, redes sociais, etc.

Além disso, a Hidro Ibérica é a representante para Portugal e Continente Africano da marca de pivots RKD, que possui uma credibilidade e qualidade reconhecidas internacionalmente, o que despertou o interesse de empresas em ambos os mercados.
NEWSLETTER  
 
SUBSCREVA
FICOU INTERESSADO NOS NOSSOS SERVIÇOS OU PRODUTOS?
CONTACTE-NOS ›

HIDRO IBÉRICA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
POLÍTICA DE PRIVACIDADE | DESENVOLVIDO POR BOMSITE

CONFINANCIADO POR:
FICHA TÉCNICA DO PROJETO

Para melhorar a sua experiência no site HidroIbérica, utilizamos cookies para recolher dados estatísticos e otimizar as funcionalidades do site. Clique em ACEITO, se concordar com a utilização de cookies. Saiba mais sobre o uso dos cookies. ACEITO